.hentry .entry-header img{padding-top:0px;}.hentry .entry-header .entry-meta{margin-bottom:7px;font-size:8px;}#main .kasandra-author-shared{display:none;}#main .post-tags{margin-right:-50px;display:none;}.hentry p{font-size:16px;line-height:28px;}#content .single-background{display:none;}.hentry .entry-header ul{display:none;}.posted-on-date a .entry-date{font-size:13px;}.side-newsfeed li .post-categories{display:none;}

Inspire-se com as palavras de Gustavo Borges

Guerreiros, prestem atenção nestas palavras do nadador Gustavo Borges:

“Várias vezes eu acordei às 5h para treinar e me perguntava: ‘É isso mesmo que eu quero?’ A última coisa que eu queria era pular numa piscina fria, às 5h30 da manhã. Mas nunca perdi um treino por falta de vontade. Podia estar cansado, ter dormido mal à noite, mas eu sempre ia treinar. É nesses dias que surgem os campeões. Enquanto outros resolvem ficar dormindo, você está lá buscando mais uma chance de melhorar”.